VISITE OS PROJETOS

DOAÇÃO PARA O PROJETO

Ajude o PROJETO CODECOMMUNITY a levar Conhecimento Livre e Aberto para todos. Faça uma doação:

PayPal

Pagseguro

LICENÇA LIVRE

Todo o conteúdo deste Portal está licenciado sob a versão 4.0 da Licença Creative Commons BY-NC-SA possuindo abrangência internacional.

Licença Creative Commons BY-NC-SA, versão 4.0 Internacional

 

Dia do Químico: Proposta de uma Nova Tabela Periódica

 Chemist Day: Proposal for a New Periodic Table

  

Em comemoração ao Dia do Químico no dia 18 de Junho de 2013, resolvi apresentar a proposta de uma nova organização das unidades da matéria que constituem a Tabela Periódica dos Elementos.

O novo modelo segue um padrão de continuidade e inter-relacionamento inovador entre os elementos constituintes da matéria. O projeto, se for de interesse da comunidade, poderá um dia receber uma versão interativa na web, destinada a consulta online. A ideia para a construção desse modelo de Tabela Periódica surgiu de uma antiga proposta feita por Jeff Moran, e seu modelo também hexagonal para a organização periódica dos elementos constituintes da matéria.

Proposta de uma Nova Tabela Periódica do 001 ao 118.

Figura 1: Proposta geral de uma nova Tabela Periódica, do Elemento 001 ao 118.

Para começar, o novo modelo possui três (03) características principais: Composição Celular Hexagonal, Modelo Geral com Padrão Espiral e Integração Modular de Unidades e Blocos.

Composição Celular Hexagonal: a primeira característica marcante da proposta para a nova Tabela Periódica é sua forma celular hexagonal. Diferente do formato quadrático tradicional, cada célula hexagonal no modelo permite uma aumento de relações hipotéticas em até 6 unidades para cada elemento. Um exemplo é o elemento Nióbio (Nb) que apresenta uma correlação sêxtupla com os elementos Vanádio (V), Zircônio (Zr), Háfnio (Hf), Tântalo (Ta), Tungstênio (W) e Molibdênio (Mo). Outra co-relação poderia ser feita entre demais elementos, tendo como candidato central o Vanádio (V), associado aos elementos de borda como o Titânio (Ti), o Zircônio (Zr), o Nióbio (Nb), o Molibdênio (Mo) e o Cromo (Cr).

Também vale ressaltar que, a título de facilidade de visualização e identificação de todas as unidades constituintes da Tabela Periódica proposta, cada célula é isolada das demais sem a utilização de um modelo hexagonal fundido (i. é: uma malha hexagonal).

Modelo Geral com Padrão Espiral: O modelo como um todo também segue um padrão de crescimento em número atômico na forma de uma espiral no sentido horário (vide imagem abaixo) facilmente identificada quando adicionamos uma linha-guia a toda estrutura:

Proposta de uma Nova Tabela Periódica do 001 ao 118.

Figura 2: Proposta de Tabela Periódica, do Elemento 001 ao 118, com linha-guia em espiral.

O modelo em espiral no sentido horário permite dar continuidade crescente para todos os elementos da Tabela Periódica, inclusive para os elementos hipotéticos que porventura surgirem, com o tempo e o avanço de nossa tecnologia, na criação e identificação de novas unidades da matéria. E este modelo pode ser expandido "indefinidamente", até mesmo para a adição dos blocos hipotéticos G e H, onde se supõe existir uma "ilha de estabilidade" (mesmo sabendo que essa "estabilidade" possa vir a ter apenas a duração máxima de alguns segundos para cada elemento, ou menos, resultando na possível inaplicabilidade dos mesmos na vida real).

Do Elemento 001 (H) até o elemento 118 (Uuo) a tabela tem a forma que lembra a vogal "U", mas com a expansão dos blocos posteriores (e hipotéticos) pode facilmente assumir a forma da vogal "O" (vide mais adiante nesse post).

Integração Modular de Unidades e Blocos: Neste modelo proposto a continuidade respeita a modularização, e os blocos S, P, D, F são facilmente identificados nessa estrutura em espiral. Inclusive o Hidrogênio (H) não mais está sozinho ou isolado, possuindo nova proposta de correlação com elementos da matéria como o Flúor (F), o Oxigênio (O) e o Hélio (He). Outro grupo integrado foi o bloco F, constantemente renegado ao isolamento no modelo de Tabela Periódica atual. Nesta nova proposta temos todo o bloco F fluindo de forma contínua ao término do bloco D (seguindo a espiral no sentido anti-horário).

Uma terceira conexão interessante é com relação ao elemento Zinco (Zn) que agora está relacionado diretamente ao Alumínio (Al), Gálio (Ga), Cobre (Cu) e Cádmio (Cd), fazendo a ponte entre os blocos P e D.

Extrapolação dos Elementos

A título de exercício da imaginação, baseado na estrutura e distribuição dos elementos químicos, podemos prever quais seriam os elementos hipotéticos que estariam presentes acima do elemento 118 (Uuo), para cada bloco S, P, D e F existente, além dos hipotéticos blocos G e H. Veja os links abaixo:

Expansão Teórica da Tabela Periódica

Abaixo segue alguns links de interesse para imagens do que seria a possibilidade de extrapolação dessa proposta de tabela periódica para acomodar os hipotéticos blocos G e H. As imagens são grandes (de 2MB a 4MB) por isso não foram incluídas visualmente no post. Ao clicar em um dos links abaixo, uma nova aba será aberta em seu navegador apresentando exclusivamente para download a imagem em alta resolução. Você poderá efetuar o download direto através da opção de menu correspondente ao botão direito do seu mouse.

Download da Tabela Periódica Hexagonal

ATUALIZAÇÃO [20150516]: Os downloads desta seção foram substituídos por imagens mais leves para facilitar o acesso dos leitores as propostas visuais da Tabela Periódica Hexagonal e diminuir o tempo de acesso ao seu respectivo conteúdo. Para baixar as versões em alta resolução, por favor, acesse nossa página de Download.

Vale destacar que o formato de vogal "O" crescente é somente uma das possibilidades "geométricas" apresentadas. A medida que se estuda teoricamente os elementos acima do 118, poderíamos rearranjar os mesmos em outros formatos espaciais mantendo sempre a comunicação, modularidade e continuidade do novo modelo de Tabela Periódica proposta. Até mesmo para acomodar o que poderia ser considerado como bloco I (iniciando acima do elemento 362).

Interatividade

A Tabela Periódica proposta poderá ganhar estrutura interativa para a web, se assim a comunidade desejar (e quiser participar de sua construção). Novas propostas de apresentação desse modelo também podem ser sugeridas, inclusive para o posicionamento dos elementos constituintes dos blocos G e H hipotéticos, que mantenham a modularidade e continuidade do modelo visual proposto.

Dedicação

Esse post é dedicado ao Professor Joab Trajano Silva, in memoriam.

 

Autoria do Artigo

Rodrigo Amorim Ferreira

Co-Criador do PROJETOS CODECOMMUNITY. Saiba mais.

Contato para Rodrigo Amorim Ferreira Rodrigo Amorim Ferreria's Twitter Page

 

Comentários

Participe da discussão. Mas lembre-se: os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores: